Só Templates

FACEBOOK

Bru

TWITTER

Bru

BLOGS

Power of Steel



segunda-feira, 12 de abril de 2010








BIGOS


Aproveitando um intervalo no meio de um projeto chato, para dar sinal de vida =] Os dias estão curtos para tantas coisas, ainda mais que eu mesma me coloco algumas (malditos joguinhos do facebook!!)mas eu (Bru) sinto uma falta enorme de grande de vcs e não posso ficar longe!! Então pra agradar vocês em cheio: Comida!! hihi!


O bigos é o prato nacional da Polónia. É servido como prato único e, conforme a região, prepara-se com couve branca ou chucrute e grande variedade de carnes. A carne de porco pode ser substituída por aves e caça. Por vezes, são usados tomates inteiros ou em polpa, assim como mel e cogumelos. Pode ser temperado e enriquecido com pimenta, louro, malaguetas, ameixas secas, vinho branco e outros ingredientes.


É acompanhado frequentemente com pão de centeio e batatas. Na parte oriental da Alta Silésia, costumava-se incluir no bigos batatas e maçãs. A tradição diz que deve ser servido no dia a seguir ao Natal, 26 de Dezembro.


Tal como outros guisados, o bigos pode ser conservado num local fresco durante vários dias, para ser aquecido mais tarde. Na realidade, quando tal acontece, o sabor intensifica-se. É costume também deixá-lo durar vários dias e ir acrescentando novas carnes, à medida que vão sendo necessárias.

HISTÓRIA

Pensa-se que o bigos terá sido introduzido na Polónia por Ladislau IV, um príncipe lituano que se tornou rei em 1385 e que alegadamente servia este prato aos seus convidados caçadores. Porém, os linguistas polacos relacionam a origem da palavra com a língua alemã e não com a língua lituana, apesar de não existir nenhuma palavra semelhante no Alemão moderno.


Metaforicamente, bigos significa "confusão", em polaco.

Pensa-se que o prato original, no qual o chucrute, o bigos e pratos semelhantes se baseiam, tenha tido origem na Ásia, tendo sido introduzido na Europa por tribos asiáticas invasoras. Existem numerosas variações da receita básica.

Tem até enlatado

Fonte:Wikipédia, Flickr:akiko@flickr, sftrajan, boofon E Google Imagens.

8 comentários:

Déia disse...

Oiiii Que saudade!!

Eu sumi daqui e vcs sumiram de lá!!

É bom estar de volta!!

Adorei a comidinha de hoje! rs

bjs

La Sorcière disse...

Oi querida!
Nunca tinha ouvido falar neste prato, ou melhor, nunca tinha ouvido falar nem em couve branca!!!!
kkkkkk!
Bjks
Alê

Bah disse...

Hm.. na verdade não me chamou muito a atenção pela cor do prato, que me lembra o curry japonês ou sei lá, bifum, coisas parecidas rs. Eu fico com as batatas rs.

Kisu!

Desabafando disse...

Realmente é uma confusão de ingredientes né? rsrsrs..olha, esse prato não me atraiu muito não, acho que por motivos meio óbvios né? rsrsrs...

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Deu fome!
Parece ser gostoso!
Adoro pão de centeio, batatas, chucrute!e com carne ainda vai mto bem!

Vou procurar uma receita.Ou um restaurante polonês!

Obrigado pela dica e bjo pra vc Bru e pra Miquilis

Ma Nascimento disse...

ihhh confesso que não fui com a cara não hihi
sou mega enjoada com comida, não gosto de quase nada =x

tbm não gosto das roupas que a Marimoon tem vestido, só gosto das fotos mesmo, e dos cabelos coloridos...:)

beijokas imensas

Amanda disse...

Menina nem te conto,tb estou super enrolada ,mas é com a proximidade do casamento do mano(dia 1 de maio)aqui em casa estamos tdos totalmente envolvidos com os preparativos finais,ai já viu,né...rs
Olhe este trem ai parece gostoso,pois vistoso o prato é...(pior que dá uma vontade louca de provar essas iguarias...rs)
Bjos querida!

Cozinha Mágica disse...

Olá, meu nome é Sonia, estou iniciando um blog de receitas, já que adoro cozinhar e gostaria de partilhá-las com você.

Quando puder me faça uma visitinha!

http://minhacozinhamagica.blogspot.com

Beijos!

Blog Widget by LinkWithin