Só Templates

FACEBOOK

Bru

TWITTER

Bru

BLOGS

Power of Steel



terça-feira, 8 de dezembro de 2009








Eu sei que a Bru comentou da nossa atual correria, mas, queria pedir desculpa de verdade meu sumiço! Final de ano sempre é mais corrido, mas esse tem sido demais :P!!!!
Como a Bru citou o nome do ajudante do Papai Noel na França no post anterior (Père Fouettard), resolvi procurar uma continuação para o tema (mas dessa vez, nada de bicho papão ;P), e pouco encontrei dos costumes de lá...porém, o pouquinho que consegui está aqui ;)


NATAL NA FRANÇA

Foi o S. Nicolau que inspirou a lenda do "Papai Noel".
S. Nicolau ocupa um lugar priviligiado na tradição popular do Norte e do Leste da França, da Bélgica, da Holanda e do Luxemburgo. Em sua origem, S. Nicolau era o Santo Bispo de Myre (Lycie, Ásia Menor) e sua grande popularidade deve-se, essencialmente, à sua lenda. Não se conhece quase nada da sua vida. Foram-lhe atribuidos muitos milagres, como, ter salvo três oficiais condenados injustamente; intervir para preservar a honra de três donzelas; salvar barcos para não se afundarem; ressuscitar crianças, etc...


Père janvier



A festa de S. Nicolau acontece na Europa próxima do Solstício de Inverno, e antigamente era quando acontecião os serões entre mulheres, para a preparação dos próximos casamentos, a matança do porco (animal que representa um antigo símbolo pagão do mundo celta e germânico) assinalava uma passagem decisiva da vida na Terra e na existência daqueles que dela viviam. Antigos rituais de fecundidade estão na origem dos "charivaris" organizados pelos homens mais jovens destinados a assustar as jovens mulheres evocando o espírito dos mortos.


Olentzaro



Ao longo dos anos, esta prática degenerou e tornou-se na festa contemporânea das crianças. A barba branca comprida de S. Nicolau encontramos hoje no Pai Noel, assim como a mitra de bispo transformou-se no chapéu e o casaco vermelho comprido encolheu.
S. Nicolau viajava montado num burro e, por este motivo, em algumas regiões de França, as crianças colocam debaixo do pinheiro de Natal, um copo de vinho para o Pai Noel e uma cenoura para o burro.
O companheiro de S. Nicolau (que se chamava o "Père Fouettard", "Dame Perchta", "Hans Trapp" ou "Frau Hollé", consoante as regiões) participa diretamente no simbolismo da data. Na lenda o "Père Fouettard" ou "o chicotadas" acompanhava-o para repreender as crianças que não se portaram bem durante o ano.
A lenda espalhou-se em toda a França e em outros países da Europa, e cada país ou região introduziu-lhe certas particularidades locais para uma melhor identificação da personagem.





Alguns dos nomes usados são:

" Chalande" na Savoie,
" Père janvier " na Bourgogne e em Nivernais,
" Olentzaro " no país basco e
" Barbassionné " na Normandia.


Fonte:Imagens Google
http://www.alice-lu.org

4 comentários:

Jana disse...

Como sempre amei!!
Bjokas

Desabafando disse...

Muito interessante!

Ana Carolina Paul disse...

Adorei! :D
Natal realmente é sempre mais corrido... A partir do dia 20 é que o meu vai ficar =/
Beijocas,
Ana.

Bom disse...

Esse S Nicolau está a cara do Papai Noel.
Barba branca, roupa vermelha. Daí deve ter vindo o Papai Noel.

Blog Widget by LinkWithin