Só Templates

FACEBOOK

Bru

TWITTER

Bru

BLOGS

Power of Steel



domingo, 17 de janeiro de 2010








SEMMELKNÖDEL


Suilad Mellons ^^!! Eis eu (Bru) aqui novamente sumida!! Mas vcs viram que estou me esforçando né? Tanto que o post de hj é sobre culinária, que eu sei que vcs amam e comentam rs!! Eu particularmente amo tudo quanto é tipo de bolinho!! Minha avó fazia uns deliciosos, especialmente de batata com carne, hummmm!^^

O Semmelknödel é uma espécie de bola confeccionada com pão, típica das gastronomias da Alemanha, da Áustria, da República Theca (aqui, são conhecidas por houskové knedlíky) e do Norte de Itália (conhecidas por "canederli"). A palavra é composta por semmel, que designa pão, nos dialetos do sul da Alemanha e Áustria, e knödel, que significa coisa redonda. Estas bolas são consideradas como um acompanhamento simples de diversos pratos de carne, lentilhas ou cogumelos, sendo por vezes servidos com natas.


Na Alemanha e na Áustria, é comum encontrar este produto já preparado e pronto para cozinhar, como acompanhamento. Por vezes, em alguns supermercados de origem alemã, também é possível encontrar em Portugal embalagens de semmelknödel instantâneo, pronto para cozinhar.



PREPARAÇÃO
Para a preparação, é utilizado pão duro de dias anteriores, cortado em fatias finas ou em cubos (na Baviera e na Áustria existem versões já preparadas para cozinhar chamadas Semmelbröckerl, Semmelwürfel ou Knödelbrot), ao qual se adiciona leite quente para o umedecer. Em algumas receitas, é possível utilizar pão torrado com um pouco de manteiga, sendo a massa resultante desfeita e misturada com cebola picada, salsa, ovo, sal e umas gotas de limão, ao gosto do cozinheiro. Com a mistura, faz-se bolinhas. Adiciona-se farinha, para as tornar mais consistentes. As bolinhas resultantes são cozidas, sem ferver, com sal, cerca de 20 minutos. Consideram-se prontas quando sobem à superfície e começam a girar lentamente.


Existem diversas variantes, de acordo com o tipo de mistura, o tempo de cozimento e dos ingredientes utilizados. Os ingredientes básicos são a cebola, a salsa ou noz-moscada, mas os demais dependem do cozinheiro e da tradição local. Por exemplo, a cozinha de Viena, que é muito influenciada pela cozinha da República Theca, e prepara o Semmelknödel de muitas formas e receitas diferentes. Para distinguir as variantes de ambos os locais é preciso observar a quantidade de farinha, havendo em alguns casos denominações próprias, como o Serviettenknödel, que leva levedura.

Serviettenknödel


VARIEANTES
Algumas variantes usam Bretzel velho para fazer um semmerknödel denominado Breznknödel. Uma variante muito conhecida no sul utiliza na massa pequenos pedaços de presunto com banha (Grammel, nos dialetos do sul da Alemanha), sendo denominada Grammelknödel ou Tiroler Knödel. Este tipo de knödel é servido frequentemente com salada ou chucrute.

Grammelknödel

As bolinhas que sobram do dia anterior podem ser cortadas em rodelas e fritas numa frigideira, sendo esta variante designada por Geröstete Knödel. Neste caso, as rodelas podem ser acompanhadas por ovo estrelado ou uma salada.

Geröstete Knödel

Outra variação consiste em utilizar ovos mexidos. Existe também uma variante chamada Saure Semmelknödel em que as rodelas fritas são usadas para fazer uma salada, sendo misturadas com cebolas, vinagre, óleo vegetal, sal e pimenta e, por vezes, por uma salsicha.



Depois faço um post só com a receita, se eu colocar ela aqui o post vai ficar muito comprido e vcs me matam rsrsrs!
Fonte: Flickr:elwhas, Flickr:bayernernst, Flickr:lars_eberle, Flickr:pokpok313, Flickr:Seph Swain, Wikipédia.

6 comentários:

Desabafando disse...

aiii..eu amooo esses posts culinários mas as fotos sempre me deixam com vontade...rsrsrs...

e esse bolinho parece fácil e bom, não tem as quantidades dos ingredientes a serem misturados com o pão?

Desabafando disse...

Deixei um comentário no post da Bélgica..rsrsrs...da estátua.

Aproveito pra sugerir um post sobre o Atomiun e sobre uma estátua de ouro que tem em Bruxelas que dizem que se vc passar a mão nela vc acabará voltando pra Bélgica..rsrsrs..

(não tem a ver com esse post, se quiser, apaga depois)

Bah disse...

Ahhhh adorei esses bolinhos. Parece que são de bacalhau rs... Será que me arrisco a fazer um dia? Quem sabe? Pelo menos não tem muito segredo pelo que estou vendo...

Kisu!

Cih disse...

Eu já jantei, Bru. Mesmo assim me deu uma vontadinha de comer isso. Nem sei pronunciar os nomes mas devem ser bons! Kiss

Amanda disse...

Passando super correndo para deixar um bjinho!

Leo Yk disse...

Eu achei as bolinhas bem apetitosas....juro que lendo o início do post, achei que os bolinhos seriam fritos e não cozido lol

Tai, essa tendência de querer só as coisas mais calóricas...rsrs
O nome em sí do bolinho é mais complicado do que fazer....espero..rs

bjosss

Blog Widget by LinkWithin