Só Templates

FACEBOOK

Bru

TWITTER

Bru

BLOGS

Power of Steel



quarta-feira, 22 de julho de 2009








AS AVENTURAS DE TINTIM


Começo este post agradecendo a cada visita e comentário que vcs tem deixado, muito obrigada, sem eles não teriamos porque existir =]

Hoje para maioria de nós será uma volta no tempo, quem não assistiu a esse desenho quando pequeno? Eu (Bru) pelo menos assisti e muito hehehe.

As Aventuras de Tintim (no original em francês, Les aventures de Tintin) é o título de uma série de histórias em quadrinhos (banda desenhada, em Portugal) criada pelo autor belga Georges Prosper Remi, mais conhecido como Hergé. Localizadas em um mundo meticulosamente examinado que muito tem em comum com o nosso, As Aventuras de Tintim apresentam vários personagens em cenários distintos. As séries foram as favoritas dos leitores e também dos críticos por mais de 70 anos.


O herói das séries é o personagem epônimo Tintim, um jovem repórter e viajante belga. Ele é auxiliado em suas aventuras desde o começo por seu fiel cão Milu(Milou, em francês). Os dois apareceram pela primeira vez em 10 de janeiro de 1929, no Le Petit Vingtième, um suplemento do jornal Le Vingtième Siècle destinado aos jovens. Mais tarde, o elenco foi expandido com a adição do Capitão Haddock e outros personagens pitorescos.

Achei o título um tanto eu diria curioso? O que acham rsrsrs

Esta série de sucesso era publicada em semanários e, ao término de cada história, os quadrinhos eram reunidos em livros (23 no total, em 2008). Ela ganhou uma revista própria de grande tiragem (Le Journal de Tintin) e foi adaptada para versões animadas, para o teatro e para o cinema. As séries são uma das histórias em quadrinhos européias mais populares do século XX, sendo traduzidas para mais de 50 línguas e tendo mais de 200 milhões de cópias vendidas.


As séries de histórias em quadrinhos são há muito admiradas pelos desenhos claros e expressivos, com o estilo ligne claire, típico de Hergé. O autor emprega enredos bem elaborados de gêneros variados: aventuras Swashbuckler com elementos de fantasia; mistério; espionagem; e ficção científica. As histórias nas séries de Tintim caracterizam-se tradicionalmente pelo humor em cenas de atividade, o que equivale em álbuns posteriores à sofisticada sátira e comentários político-culturais.

PERSONAGENS

TINTIM

Tintim é um jovem repórter que se envolve em casos perigosos e realiza ações heróicas para salvar o dia. Quase todas as aventuras retratam Tintim trabalhando, empenhado em suas investigações jornalísticas. Ele é um jovem de atitudes mais ou menos neutras e é menos pitoresco que o elenco secundário.


MILU

Milu é um cão terrier branco, o companheiro quadrúpede de Tintim. Eles regularmente salvam um ao outro de situações perigosas. Milu freqüentemente "fala" com o leitor por meio de seus pensamentos (muitas vezes mostrando um humor um tanto seco), que supostamente não são ouvidos pelos personagens da história.


Como o Capitão Haddock, Milu é tem gosto pelo uísque Loch Lomond, e suas ocasionais "bebedeiras" tendem a colocá-lo em problemas, assim como sua intensa aracnofobia. O nome francês "Milou" foi largamente atribuído como uma referência indireta a uma namorada da juventude de Hergé, Marie-Louise Van Cutsem, que tinha o apelido de "Milou".

Existe outra explicação para as origens dos dois personagens. Foi afirmado que Robert Sexé, um fotógrafo-repórter, cujas proezas eram recordadas na imprensa belga entre a metade e o fim da década de 1920, foi uma inspiração para o personagem Tintim. Sexé tinha notadamente uma aparência similar a de Tintim, e a Fundação Hergé na Bélgica admitiu que não é difícil imaginar como Hergé poderia ter sido influenciado pelas proezas de Sexé. Naquele tempo, Sexé estivera viajando pelo mundo em uma motocicleta feita por Gillet de Herstal. René Milhoux era um campeão do Grand-Prix e detinha o recorde de motocicleta da época, e, em 1928, enquanto Sexé estava em Herstal falando com Leon Gillet sobre seus projetos futuros, o Sr. Gillet o colocou em contato com seu novo campeão, Milhoux, que acabara de deixar motocicletas prontas para Gillet de Herstal. Os dois rapidamente iniciaram uma amizade, e passavam horas falando sobre motocicletas e viagens; Sexé explicando suas dificuldades e Milhoux oferecendo seu conhecimento sobre mecânica e motocicletas pequenas trabalhando acima de seus limites. Graças a essa união de conhecimento e experiência, Sexé partiria em numerosas viagens por todo o mundo, escrevendo incontáveis relatos jornalísticos. O secretário geral da Fundação Hergé na Bélgica admitiu que não é difícil imaginar como o jovem George Rémi, mais conhecido como Hergé, poderia ter sido inspirado pelas bem publicadas proezas desses dois amigos, Sexé com suas viagens e documentários, e Milhoux com seus triunfantes registros, para criar os personagens de Tintim, o famoso repórter viajante, e seu fiel companheiro Milu.


CAPITÃO ARCHIBALD HADDOCK

Capitão Archibald Haddock, um capitão navegador de origem discutível (pode ser de origem inglesa, francesa ou belga), é o melhor amigo de Tintim, e foi introduzido em O Caranguejo das Tenazes de Ouro. Haddock foi inicialmente descrito como um personagem fraco e alcoólatra, tendo mais tarde, porém, se tornado mais respeitável. Ele evoluiu para se tornar genuinamente heróico e até mesmo da alta sociedade, depois de encontrar um tesouro de seu ancestral Sir Francis Haddock (François de Hadoque em francês), no episódio O Tesouro de Rackham o Terrível. A natureza rude do capitão e seu sarcasmo representam uma contradição ao freqüente e improvável heroísmo de Tintim; ele sempre rompe com um comentário seco ou satírico quando o repórter parece demasiado idealista. O Capitão Haddock vive em sua luxuosa mansão chamada Moulinsart.


Haddock usa uma série de pitorescos insultos e maldições para expressar seus sentimentos: "com mil milhões de mil macacos", "com mil raios e trovões", "trogloditas", "cleptomaníaco", "anacoluto", "iconoclasta", mas nada que seja realmente considerado uma grosseria. Haddock é um beberrão, particularmente chegado ao uísque Loch Lomond, e sua embriaguez é freqüentemente usada para propósitos cômicos.

Hergé afirmou que o sobrenome de Haddock deriva-se de um "peixe inglês triste que bebe muito". Haddock permaneceu sem um nome próprio até a última história completa, Tintim e os Tímpanos (1976), quando o nome Archibald foi sugerido.

Na primeira edição brasileira do livro A Estrela Misteriosa, publicada no início dos anos 1970, o capitão Haddock é chamado de Capitão Rosa.


PERSONAGENS SECUNDÁRIOS


Os personagens secundários de Hergé já foram mencionados como muito mais desenvolvidos que os principais, cada um imbuído de força de temperamento e personalidade que se comparam aos personagens de Charles Dickens.[20] Hergé usava os personagens secundários para criar um mundo realista onde colocar os protagonistas das aventuras. Para mais realismo e continuidade, os personagens voltariam às séries. Foi conjeturado que a ocupação da Bélgica e as restrições impostas a Hergé forçaram-no a focar-se na caracterização para evitar o surgimento de situações políticas incômodas. A maior parte dos personagens secundários foi desenvolvida nesse período.

DUPOND e DUPONT

São dois detetives desajeitados que, mesmo não tendo nenhum parentesco, parecem ser gêmeos, tendo uma única diferença física: a forma de seus bigodes. Eles muito contribuem no humor da série, devido às suas antístrofes e incopetência. Os detectives foram, em parte, baseados no pai e no tio de Hergé, gêmeos idênticos.

TRIFÓLIO GIRASSOL

O Professor Trifólio Girassol é um cientista quase surdo, que entende e age diante de tudo de maneira equivocada como resultado de sua deficiência auditiva. É um personagem menor mas que aparece regularmente nas aventuras de Tintim. Estreou em O Tesouro de Rackham o Terrível, sendo baseado, parcialmente, em Auguste Piccard.[22]

BIANCA CASTAFIORE

Bianca Castafiore é uma cantora de ópera, a quem o capitão Haddock absolutamente despreza. Contudo, ela constantemente aparece de súbito onde quer que eles estivessem, junto com sua criada Irma e o pianista Igor Wagner. Seu nome significa "flor branca e pura", algo que o Professor Girassol entende quando oferece uma rosa branca à cantora pela qual é secretamente apaixonado em As Jóias de Castafiore. Ela foi baseada nas grandes cantoras de ópera em geral (de acordo com a percepção de Hergé), na tia de Hergé's, Ninie, e, no pós-guerra, em Maria Callas.[

OUTROS

Outros pesonagens secundários: o General Alcazar, um ditador sul-americano; Mohammed Ben Kalish Ezab, um emir, e seu filho Abdallah; Serafim Lampião, um vendedor de seguros; Tchang Chong-Chen, um menino chinês; o Doutor J.W. Müller, um maléfico médico alemão; Nestor, o mordomo; Roberto Rastapopoulos, o responsável pelos crimes; Oliveira da Figueira; o Coronel Sponsz; Piotr Szut; Allan Thompson; além do açougue Sanzot, que é um local recorrente na série.

Infelizmente os links do Youtube do desenhos não permitem incorporação =/ Mas segue o link para quem quiser relembrar: http://www.youtube.com/watch?v=CaXtWmEnQVc&feature=PlayList&p=0FCC07670BAF8094&index=0 .

Fonte: Wikipédia e Google Imagens.



8 comentários:

Leo Yk disse...

Oiee! Doreiii o post....esse foi um Sr post.Super completo.Eu conheço esse desenho mas não lembro de ter assistido ele na TV não....Mas eu adoro ele pq saia umas tirinhas do Tintim em um jornal inglês que eu comprava pra estudar.

Vc sabia quem Tintim em japonês, quer dizer, orgão sexual masculino? *___* hauhua...eu não sei como japonês chama esse desenho...ia ser mei constrangedor!

Bruu, sabe que eu não posto mais os videos usando link do iutubi pq de uma hora pra outra, eles tem a mania de excluir o vídeo...ódiosanguemorte/

Por issso eu tenho outra tática...eu ensino..mas em OFF...hahaha

Bjos pra vcs!! Bom restinho de semana..

PS: tivemos eclipse aqui hoje...mas foi por água abaixo, literalmente porque choveu muito e o tempo nublado, estragou a festa dos japas......xD
Ah sorry..eu escrevendo um livro aqui..bjs

Kiyomi, a.k.a. Piggy disse...

Faço minhas as palavras de Leosan.
Desde pequena eu gosto e leio quadrinhos, desde as tirinhas diárias até os clássicos. Por mais que digam que Hergè tivesse um lado racista, lembrando que nos anos 30-40 o politicamente correto não constava no dicionário, a série Tintin continua sendo um classico. Lembro que saiu o desenho no Brasil, mas não vi todos.
Leo, Tintin no Japao, traduziram para "Tantan" por motivos obvios citados...

Beijos a voces!

PS: também não vi a eclipse, que por sinal foi eclipsada pela chuva.

Merylliel disse...

ADOOOOOOOOOOROOOO tim tim! e to doida pra ver o filme q vai sair!

Gesiane disse...

Uauuuu eu assistia, mas não lembrava de tantos detalhes... ADOREI!

Beijos...

Menina Mãe ♥ disse...

Olá meninas?

Nossa eu amava ver TimTim, sabe que a TVcultura ta fazendo 40 anos, e bem que eles podiam por alguns epsódios para relembrar né?

bjoos o blog ta muito bom^^

Doce feito Limão disse...

Eu não me lembro de ter visto esse desenho, mas adorei o post...mto very interessante...bjs se cuida!!

ana disse...

Eu adoro o tintin! Pena que hoje em dia não tenho tempo de parar e ver o desenho. Bateu uma saudades! bjs!

luismiller20 disse...

Esse desenho eu assistia ha um tempão !! Foi uma fase muito boa.. velhos tempos rsrs nossa quem ve pensa que eu sou um idoso hahaha

Muito legal essa matéria!!

Blog Widget by LinkWithin