Só Templates

FACEBOOK

Bru

TWITTER

Bru

BLOGS

Power of Steel



sexta-feira, 10 de julho de 2009






OBJETOS ESTONIANOS MÍTICOS E MÁGICOS

Uma pitada de algumas lendas estonianas...esperamos que gostem, nada como uma boa lenda contada neste friozinho não é?

= Navio Branco (valge laev) - navio mítico que traz liberdade e leva as pessoas para terras melhores. Este mito surgiu por volta de 1860 quando uma pequena seita liderada por Juhan Leinberg (também conhecido por Profeta Maltsvet) reuniu-se perto de Tallinn para esperar pelo navio branco que os levariam embora.


= Chapéu de unhas (küüntest kübar) - torna invisível o seu portador (geralmente Vanatühi).

= Luvas (kirikindad) – acreditava-se dar proteção ou poderes mágicos, especialmente as usadas por eclesiásticos ou marinheiros. As luvas eram (são) adornadas com padrões geométricos especiais e estreitas faixas vermelhas;

kirikindad

= Cinto (kirivöö) - o cinto tinha os padrões mais antigos e mágicos de todos os artigos de criados, cintos de tecidos vermelhos e cordões de amarrar eram artigos comuns nos sacrifícios (eles eram amarrados nos galhos das árvores sagradas). Um cinto era amarrado em volta da parte do corpo que estava doente e, eram bem apertados na cintura, para proteger e dar força ao seu portador.

kirivöö

= Pedras sagradas - o fim da Idade do Gelo deixou muitas pedras grandes na Estônia que não são da natureza do terreno em que se encontram (rochas erráticas). Muitas delas foram consideradas sagradas e as pessoas iam até elas para oferecerem sacrifícios, prata, sangue, fitas vermelhas e moedas e pedir por proteção e saúde. Freqüentemente, as pedras possuíam pequenos furos, onde as oferendas eram colocadas. O significado e função desses orifícios ainda são discutíveis; de acordo com o paleoastrônomo Heino Eelsalu eles podem tem a função de calendários.

Uma rocha errática ("Pedra sagrada").

=Florestas itinerantes - quando as pessoas de alguma localidade eram más, gananciosas e cruéis, as florestas deixavam esses locais e se transferiam para outro. A maioria das histórias sobre florestas itinerantes é encontrada nas áreas costeiras da Estônia.

Costa da Estônia


Fonte: Wikipédia e Flickr.


5 comentários:

luis miller disse...

Ola meninas!!

Passando pra desejar um ótimo fim de semana!

Olha o friozinho que paira São Paulo da pra usar essas Luvas mágicas !! hehe

Até mais , bjocas!

Leo Yk disse...

Konnichiwa Girls!

Aqui tá quente demais..isso porque nem estamos ainda no verão propriamente dito...

Esse barco vem pra todo mundo um dia né?? xDD O destino final da viagem acho que vai depender de cada um....

Bjoss! e Bom FDS ( pra vcs...buáa!! ) xDD

Paulo Tamburro disse...

Simplemente espetacular.

Parabenizo as duas, pois cofesso que o qu vi por aqui, jamais encontrei em nenhum outro blog.

Portanto não posso mais deixar de visitá-las.

Obrigado por tão inusitadas informaçõs.

Ale disse...

Com muito prazer faço uma contribuição !!

Beijos

Ale

Cih_colorex disse...

Hihihi. Adorei a última lenda! Será que é por isso que as árvores tão sumindo do planeta?! Elas tão migrando para outros planetas?! Ok, viajei e já parei!
Muito interessante as lendas! das luvas e cintos eu não conhecia!
Kiss

Blog Widget by LinkWithin