Só Templates

FACEBOOK

Bru

TWITTER

Bru

BLOGS

Power of Steel



sexta-feira, 31 de julho de 2009








MABINOGION

O Mabinogion é uma coletânea de manuscritos em prosa escritos em galês medieval. São parcialmente baseados em eventos históricos do início da Idade Média, mas que podem remontar à tradições da Idade do Ferro.
O nome provém de um mal-entendido feito pela primeira tradutora inglesa do Mabinogion, Lady Charlotte Guest: ela encontrou em uma história a palavra galesa mabynogyon e assumiu que esta era a forma plural do galês mabinogi. A própria palavra mabinogi é uma espécie de enigma, embora pareça estar relacionada ao galês mab ou "filho, garoto".





As histórias do Mabinogion aparecem em dois manuscritos medievais galeses, o Livro Branco de Rhydderch (Llyfr Gwyn Rhydderch), escrito em cerca de 1350, e o Livro Vermelho de Hergest (Llyfr Coch Hergest) escrito por volta de 1382-1410, embora fragmentos destes contos tenham sido preservados em manuscritos anteriores do século XIII.


Imagem de página do "Llyfr Coch Hergest"



Os Quatro Ramos do Mabinogi


Os Quatro Ramos do Mabinogi são as histórias mais mitológicas contidas na coletânea Mabinogion. Pryderi aparece em todas as quatro, embora nem sempre como personagem central.

* Pwyll, Príncipe de Dyfed fala dos pais de Pryderi, de seu nascimento, perda e recuperação.
* Branwen, Filha de Llyr fala principalmente do casamento de Branwen com o rei da Irlanda. Pryderi aparece, mas não desempenha um papel de destaque.
* Manawyddan, filho de Llyr fala do retorno ao lar de Pryderi com Manawydan, irmão de Branwen, e das desventuras que lá se seguem.
* Math, filho de Mathonwy fala principalmente de Math ap Mathonwy e Gwydion, que entram em conflito com Pryderi.


Imagem de Branwen, Filha de Llyr



Os contos nativos


Também incluídos na compilação de Lady Guest estão cinco histórias da tradição e lenda galesa:

* Magnus Maximus (O sonho de Macsen Wledig)
* Lludd e Llefelys
* Culhwch e Olwen
* O sonho de Rhonabwy
* Taliesin

Os contos Culhwch e Olwen e O sonho de Rhonabwy têm despertado o interesse dos estudiosos porque preservam antigas tradições do Rei Artur. O conto O sonho de Macsen Wledig é uma história romanceada sobre o imperador romano Magnus Maximus. A história de Taliesin é uma composição posterior, não inclusa nos livros Branco e Vermelho, que traduções mais recentes preferiram omitir.


Os Romances

Três contos são Romances galeses, versões galesas dos contos arturianos.Os críticos têm debatido se os romances galeses são baseados nos poemas de Chrétien,porém, embora pareça provável que os romances sobreviventes derivem, direta ou indiretamente, de Chrétien, é provável que ele, por sua vez, tenha baseado seus contos em fontes célticas mais antigas.
São estes:
* Owain, ou a Dama da Fonte
* Peredur, filho de Efrawg
* Geraint e Enid


Ilustração de "Geraint e Enid".

Tentaremos, mesmo com tantas versões e dificuldade para encontrar cada um destas histórias, postar para que conheçam um pouco mais ;)







Receita Deliciosa, testada por nós - Windbeutel: Sonhos de Chocolate: http://farofadbatata.blogspot.com/search?q=WINDBEUTEL+%28SONHOS%29+DE+CHOCOLATE


Fonte:http://www.webmesh.co.uk/Mabinogionhomepage.htm
Imagens Google




4 comentários:

Anna disse...

Cara, isso é muito legal. Acho a produção cultural da idade média muito bacana.
beijos

Salvador disse...

Muy interesante, este trabajo...un abrazo

Dianizz disse...

Olá!
Muito obrigado!, Bem meu Português não é bom, mas estou usando um tradutor para escrever = D
bom que você gostava de mu blog, acesse seu e é muito bom, eu gosto.
Saudações!

Leo Yk disse...

Suilad Mellon !

Já vi que vou gostar, e deixo o trabalho de pesquisa por conta de vcs.Vou querer ler pelo menos alguma coisa dos 3 contos que foram citados no post.

Bjoss

Blog Widget by LinkWithin