Só Templates

FACEBOOK

Bru

TWITTER

Bru

BLOGS

Power of Steel



quinta-feira, 23 de julho de 2009








WHISKY ESCOCÊS

São poucos os produtos fabricados em qualquer parte do mundo que mais remetem às suas raízes, ou que são mais conhecidos, do que o Whisky Escocês (ou Scotch).
Reconhecido como a bebida nacional escocesa, o whisky – em Gaélico, uisge beatha (pronunciado oosh-ga beh-huh), que significa “água da vida” – é produzido no país há mais tempo que se possa lembrar. Nascida séculos atrás como uma forma de aproveitar a colheita da cevada molhada pela chuva, a indústria do whisky cresceu tanto que se tornou uma das mais lucrativas do país, arrecadando centenas de milhares de libras todos os anos.





A Escócia protegeu o termo Scotch internacionalmente. Para que um whisky seja classificado como Scotch, deve ser fabricado exclusivamente na Escócia. Excelentes whiskies são produzidos por métodos similares em outros países, principalmente no Japão, mas não podem ser chamados de Scotches e são geralmente chamados de ‘whiskey’. Mesmo sendo whiskies maravilhosos, não cativaram o paladar escocês.


Existem dois tipos de Whisky Escocês: Malt Whisky e Grain Whisky. Os Malt Whiskies são divididos em quatro grupos de acordo com a localização geográfica das destilarias onde cada um é produzido:



* Lowland Malt Whiskies – produzidos ao sul de uma linha imaginária traçada a partir de Dundee, a leste, até Greenock, a oeste;
* Highland Malt Whiskies – produzidos ao norte da mesma linha;
* Speyside Malt Whiskies – produzidos no vale do Rio Spey. Apesar destes whiskies virem da área designada como Highland Malt Whiskies, a concentração de destilarias e de condições climáticas específicas nesta área produz um whisky de caráter peculiar e requer uma classificação diferenciada.
* Islay Malt Whiskies – produzidos na ilha de Islay.





Cada grupo tem suas características claramente definidas, variando de um sabor mais suave – os Lowland Malt Whiskies – até aqueles destilados de Islay, que são geralmente considerados os mais fortes.





Os Malt Whiskies, que diferem consideravelmente em sabor dependendo da destilaria onde são produzidos, têm um buquê e um sabor mais pronunciados que os Grain Whiskies, que podem ser destilados em qualquer parte da Escócia, pois sua produção não é tão influenciada por fatores geográficos.

Fonte: http://ukinbrazil.fco.gov.uk


4 comentários:

Leo Yk disse...

Hayy eu sempre encabeço a fila dos comments...huahuahua!

A-M-O Whisky....e com Redbull então...hahaha...eu não curto cerveja mas um whisky..mto bom!
ai me lembrou uns bombons recheados com brandy que ganhei ano passado...hhahahaha

Só gordices né....

bjooos Girls!

Ah, já vi o mail Bru..amanhã é minha folga e eu respondo.

Cinthia, aparece mais garota!xD

Milquilis!(agora eu já sei o que é ) ^^

Dea アンドレア disse...

Não, ainda não experimentei comida japonesa..tenho até medo rs...
Só sopa(missoshiro) e kare!!
Bjos

Rei disse...

hummm... belo post...

Oi amiga, você quer que eu crie um link para ti e coloque no meu blog?

Seu blog é muito bom !!! Sempre tem uma postagem nova para ler...

Bom final de semana

Rei disse...

Oi, criei um link lá, vê se tá bom pra ti...

Blog Widget by LinkWithin