Só Templates

FACEBOOK

Bru

TWITTER

Bru

BLOGS

Power of Steel



sábado, 29 de agosto de 2009








O JURAMENTO DO RÜTLI


Eu sou fã de uma boa história, ainda mais com ela tem haver com um povo todo, procurando por uma, encontrei esta da Suiça, nunca tinha ouvido falar, imagino que vocês também não, então aqui vamos nós ^^

O Juramento do Rütli (em alemão Rütlischwur), supostamente ocorrido em 1307, é um dos mitos fundadores da Suíça. Esse mito é freqüentemente associado ao Pacto Federal de aliança perpétua de 1291 entre os cantões de Uri, de Schwyz e de Unterwalden.


Segundo a lenda, ele aconteceu na pradaria do Rütli, dominando o Lago dos Quatro Cantões, e reuniu os "homens livres" dos vales de Uri, de Schwyz e de Unterwalden, representados pelos três confederados Arnold de Melchtal, Walter Fürst e Werner Stauffacher.

Aussicht - Rütli

Este acordo entre as três comunidades, situadas onde hoje se encontra a Suíça primitiva, foi considerado até o século XIX como o ato fundador da Confederação Suíça e resta ainda hoje um elemento importante da imaginação popular suíça.

HISTÓRIA

A história sobre o juramento do Rütli, uma pradaria às margens do Lagos dos Quatro Cantões, perto de Seelisberg, é mencionada pela primeira vez no Livro Branco de Sarnen (1470).

Vale de Unterwalden

Sua forma canônica é a Chronicon Helveticum de Aegidius Tschudi, do século XVI. Segundo Tschudi, os três participantes do juramento (Eidgenossen) foram Werner Stauffacher por Schwyz, Walter Fürst por Uri e Arnold de Melchtal por Unterwalden.

Vale Uri

Tschudi data o acontecimento em 8 de novembro de 1307. Sua veracidade histórica não é verificável, mas ao mesmo tempo é plausível, pois o ano de 1307 corresponde a um período onde aconteceram uma série de tratados similares, como a Carta Federal de 1291 e a União de Brunnen de 1315, o pacto de Uri e Urseren de 131, o pacto com o cantão de Lucerna em 1332 e o Zünfte de Zurique de 1336, todos parte de um abrangente movimento comunal da Europa medieval, finalmente interrompido pela Bula Dourada de 1356 e culminando com a Batalha de Sempach de 1386.

Vale de Schwyz


O JURAMENTO DO RÜTLI NO GUILHERME TELL DE FRIEDRICH SCHILLER

A mais famosa versão do juramento é, sem dúvida, a da peça "Guilherme Tell", de Friedrich Schiller, escrita em 1804:



Texto em alemão
Wir wollen sein ein einzig Volk von Brüdern,
in keiner Not uns trennen und Gefahr.
Wir wollen frei sein, wie die Väter waren,
eher den Tod, als in der Knechtschaft leben.
Wir wollen trauen auf den höchsten Gott
und uns nicht fürchten vor der Macht der Menschen.

Tradução livre em português

Queremos ser um único povo de irmãos,
não devemos nos dividir em perigo ou aflição.
Devemos ser livres, como nossos pais o foram,
e preferir a morte à escravidão.
Devemos acreditar em Deus todo poderoso
e não temer o poder dos homens.




Fonte: Wikipédia, Google Imagens e Flickr.

Não se esqueçam de participar do sorteio: http://farofadbatata.blogspot.com/search/label/Sorteio, ainda tem muita gente na caixinha que não deixou comentário no post do sorteio, vão ser deletadas logo logo hein? rsrs...



6 comentários:

Desabafando disse...

Quantas lendas e juramentos o tempo não terá sepultado não? Bem interessante tudo que vcs postam aqui!

Cacau disse...

que juramento interessante...e belas paisagens cm sempre..bjinhos

Gesiane disse...

Oi Bruna... Guria tive uma semana tão cheia que só hoje estou conseguindo visitar os blogs amigos!!!

Ai que lugares maravilhosos, parece coisa de filme!!!

Beijão

Gesiane disse...

Ah... não enviei não a cartinha, está já aqui prontinha só falta ir no correio... estou me enrrolando, vou criar vergonha nesta minha cara!

Beijos

Leo Yk disse...

Aiyaaaaa!!

Eu acho que esse tipo de post merece premios.Tenho quase certeza que esse tipo informação, não chega, ou nem é do interesse da maioria das pessoas....

E essas fotos?? Parecem pinturas de tão lindas....eu viajo nessas fotos..literalmente....
Será que hoje em dia se fazem juramentos como esse? Sem contar as juras de amor, é claro....rs

Milquilisss!
hehee

Bah disse...

Amei a cor dessa água Meu Deus!

Kisu!

Blog Widget by LinkWithin